Quem sou eu?!

Minha foto
Jéssica Menezes ,22 anos,Sou Santista e falo "Tu",estudante de Ciência da Computação,pseudo-escritora,geek,rock,livros,café,chocolate !

sábado, 18 de setembro de 2010

Lolitas ♥

Algumas das Lolitas,há muitos estilos de Lolitas! - . -

Sweet Lolita ou Amaloli é uma subdivisão do estilo Lolita (ou Loli) de moda japonesa.

É o estilo mais doce, com tons pastéis, estampas graciosas com doces, frutas, bolos, animais, bolinhas, xadrez, listras finas, sorvetes.

Qualquer padronagem "fofa" pode se encaixar desde que não saia dos padrões de cores e dos modelos meigos com fitas, laços e babadosmuitas vezes em profusão. Por vezes possui estampas florais e cores mais claras.

Gothic Lolita ou "GothLoli" (ゴスロリ, gosurori) é uma moda urbana japonesa popular entre adolescentes e jovens adultas (e por vezes pessoas do sexo masculino), que vestem roupas de inspiradas, em sua maioria, pela moda vitoriana, rococó ou edwardiana e freqüentemente tentam imitar a aparência de bonecas de porcelana ou princesas. A origem do gosurori é uma combinação da moda lolita – que envolve tentar parecer ‘fofa’ ou meiga a ponto de parecer infantil – e certas características da moda gótica.

A cultura japonesa dá muito mais importância a uma aparência e comportamento juvenis do que a ocidental, e algumas mulheres adultas compram coisas como produtos com a estampa da Hello Kitty – que no ocidente geralmente tem crianças como público-alvo. O Gosurori talvez seja uma extensão desse fenômeno, conhecido como "Cultura Fofa".

O estilo floresceu nos idos de 1997/1998 e se tornou um estilo bem estabelecido, com suas próprias grifes, disponível em diversas boutiques, e até mesmo em algumas grandes lojas de departamentos a partir de 2001. Alguns consideram o gosurori como uma resposta ao movimento Kogal, tido pelas lolitas como “vulgar”, já que envolve exposição do corpo e sensualidade. No entanto, o gothic lolita talvez não possa ser considerado como uma subcultura propriamente dita já que não existe uma ideologia ou um credo comum a todas, um padrão de comportamento, nem música ou arte específicas a serem apreciadas - mas acima de tudo lolitas não são criaturas necessariamente grupais, que buscam socializar com outras lolitas. Sendo assim individualistas, não há como classificá-las como uma tribo.

Gothic Lolita é uma das subcategorias do visual Lolita (Loli). Outras categorias incluem Classic Lolita(mais tradicional, contando com estampas florais, cores mais claras e mais sofisticadas, e com ar mais ‘maduro’), Sweet Lolita (tons pastéis, temas angelicais, renda, laços e flores), Ero Lolita (que usa cinta-ligas, saias mais curtas, corsets e babydolls), Punk Lolita (usa de corsets, tecidos em xadrez, estampas com caveiras), Country Lolita (abusando de estampas quadriculadas e florais para criar o efeito meigo e campestre) e Gurorori (com temas mais mórbidos e obscuros, incluindo muitas vezes tapa-olho, bandagens e sangue falso).

O estilo foi influenciado e tornado ainda mais popular pela imagem de certas bandas de Visual Kei (ou rock visual, lit. “linhagem visual”), que possuem ou possuíam entre seus integrantes usuários ou fãs do visual lolita. O Visual Kei é um subgênero do rock japonês formado por bandas de visual elaborado, cujas apresentações muitas vezes contam com elementos teatrais – mas com estilo musical que muitas vezes difere de outros grupos enquadrados na mesma categoria. É importante ressaltar que várias lolitas ressentem essa ligação com visual kei e consideram lolitas fãs dessas bandas e ídolos como bandgirls e não lolitas "de verdade": como se as lolitas fãs de visual rock se vestissem de lolita apenas por influência de seus ídolos, para se encaixar com os outros fãs e não por gostarem do estilo.

Mana, o líder da extinta banda de visual kei Malice Mizer, é creditado como tendo ajudado a popularizar o Gothic Lolita. Ele criou os termos “Elegant Gothic Lolita” (EGL) e “Elegant Gothic Aristocrat” (EGA) para descrever as peças de sua própria grife Moi-même-Moitié, fundada em 1999 – que rapidamente se estabeleceu como uma das marcas mais desejadas da cena Gothic Lolita. No ocidente, o termo "EGL" diversas vezes é tratado como se abrangesse toda a moda Lolita, ou como se fosse um sinônimo de "Gothic Lolita". "EGL" na verdade refere-se somente à linha de roupas da grife Moi-même-Moitié que leva este nome - e que é formada por roupas Gothic Lolita

4 comentários:

  1. Adorei as informações! E achei super fofo (apesar de não ter intenção nenhuma de usar nenhum desses estilos lolita). xD

    Imagina encontrar umas lolita's na rua? *o*
    Tem de ser coisa de oriental mesmo...

    ;*

    ResponderExcluir
  2. Ah,eu adoro a cultura oriental,e acho elas super fofas mesmo...Na verdade postei sobre elas,pois no meu trabalho me chamam de Lolita,por gostar tanto do Japão,animes,mangás e por ter franja -.-
    Eu também não me usaria nenhuma dessas roupas,se bem que no ultimo evento que teve eu disse que iria de Lolita...Mas não fui nem pro evento e nem me vestir assim.
    Véy ia ser muito bizarro,elas iam ser ridicularizadas.
    Então que elas fiquem andando assim no Japão ♥

    ResponderExcluir
  3. a ultima lolita é bem estranha parece um ovelha gorda com algum tipo de problema geriátrico!
    No Brasil o estilo que predomina mesmo é o maloqueirismo(infelismente)
    mas graças a deus que ninguem se veste assim aqui!

    ResponderExcluir
  4. Pois é meu caro amigo,antes o povo se vestir de Lolita do que esse maloqueirismo todo!
    Seria bem estranho ver umas garotas de 17 anos[/minhaidade]*O*,vestindo-se como bonecas...Não me imagino,apesar de as vezes falarem que pareço uma boneca ¬¬'.
    Mais esse fato da Lolita parecer uma ovelha gorda,deve ser porque a japa tá gorda,concorda?!
    Poucas das Japonesas e japoneses que vejo são feios...Essa é apenas uma excessão!
    Kisses Jéssica-San -.-
    Sayonara !

    ResponderExcluir

E ai,gostou? Então comenta!