Quem sou eu?!

Minha foto
Jéssica Menezes ,22 anos,Sou Santista e falo "Tu",estudante de Ciência da Computação,pseudo-escritora,geek,rock,livros,café,chocolate !

quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Se saudade matasse,eu já estaria morta.As vezes parece que você esquecesse que existo,que me importo com você e que sinto sua falta.
Você some,não manda noticias...
É eu sei que é estranho eu estar pensando todas essas coisas,sabendo que eu nunca mais posso repetir isso pra você,tudo está terminado não é?Mas meu coração deve ter algum problema de audição que não escutou ainda que "é o fim"...Mas mesmo assim,nós somos amigos você poderia pelo menos dizer "estou vivo" ou "to estudando demais,e to sem tempo".Tudo bem,eu sei que quando você quiser,você virar falar comigo...

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Confissões Profanas



"Eu vou tentar" ela disse enquanto ele ia embora.
"Tentar não perder você."
Dois vibrantes corações podem mudar.
Nada magoa mais o ser do que a decepção,
medo desmascarado.
Eu estarei aqui esperando, testado e seguro.

Nada machuca meu mundo,
Só afeta aqueles ao meu redor
Quando o mal está profundo no meu sangue
Será você quem irá cair.

"Eu queria poder ser aquele,
Aquele que não se importa afinal
Mas sendo aquele que suporta.
Eu sei o caminho para ir, ninguem está me guiando.
Quando tempo ensopado em sangue vira as costas,
Eu sei que é dificil cair.
Aprisionado em mim estava seu coração
Eu sei que está machucando você, mas está matando a mim."

Nada restará nessa vida,
Nosso tempo gasto construindo
Agora você está perfeccionando um mundo...destinado a ser maligno
Ponha suas mãos ao meu redor e
Me aperte até eu não conseguir respirar
Esse ar prova morte dentro de mim,
Contribui para nossa epidemia.
Quebre todas suas promessas,
Derrube com lágrimas essa fiel parede,
Prevenções são inúteis aqui,
Experimentar a salvação está perto.

AH!

Nada machuca meu mundo,
Só afeta aqueles ao meu redor
Quando o mal está profundo no meu sangue
Será você quem irá cair.

"Eu queria poder ser aquele,
Aquele que não se importa afinal
Mas sendo aquele que suporta.
Eu sei o caminho para ir, ninguem está me guiando.
Quando tempo ensopado em sangue vira as costas,
Eu sei que é dificil cair.
Aprisionado em mim estava seu coração
Eu sei que está machucando você, mas está matando a mim."

AH!
                                                                                                      (Avenged Sevenfold - Unholly Confessions) 

Galera...me desculpe a ausência,estou numa correria danada.e um pouco sem criatividade.Prometo melhorar!
O motivo de ter colocado "Unholly Confessions" aqui,primeiro é que amo a musica e a banda,e segundo que eu achei ela um pouco parecida com histórias reais que conheço rsrs.
Espero que gostem.
Beijinhoos Jéss